Como jogar com Mortos-vivos em Warcraft 3

Warcraft 3 Undead mortos-vivos

Olá a todos! Eu sou o Norseland, jogador “iniciante” no cenário de Warcraft 3 e também streamer nas horas vagas. Eu estava procurando artigos sobre o jogo, pois gosto bastante de leitura, e então achei vários artigos para iniciantes no site Warcraft3.info. Como não há nenhuma tradução para estes artigos, e como temos vários jogadores começando e nem todos sabem inglês fluentemente, eu resolvi traduzir alguns dos artigos que podem ajudar a comunidade brasileira.

Trago hoje este artigo “How to Basic: Undead”, o artigo foi publicado em 12 de dezembro de 2017 e escrito por RehcraM.

Warcraft 3 Básico: Mortos-vivos

Chegou a hora de outra análise de raça em Warcraft 3. O último, desta vez, são os Mortos-vivos. Neste guia, vou falar sobre todas as escolhas de unidades e heróis e tentar dar uma ideia da jogabilidade e a estratégia geral da raça dos Mortos-vivos em todas as lutas.

Então, prepare-se para o longo artigo enquanto tento mostrar a vocês esta raça composta por cadáveres ambulantes, espíritos desencarnados, homens imaculados e entidades de outras dimensões.

Mortos-vivos: Prós e Contras

  • Mortos-vivos são notórios por serem ótimos em derrubarem alvos um por um em Warcraft 3. A razão mais óbvia para isso é a devastadora combinação de Death Coil e Frost Nova do Death Knight e Lich, respectivamente. Não é, contudo, a única razão, já que os Undead também tem várias outras características que ajudam a explodir alvos únicos. Entre esses está o Orb of Corruption, os Crypt Fiends e os Destroyers, porém irei falar melhor sobre isso depois.
  • Necromancy Rod. Permitindo que você faça campos de creeps eficientemente, fazer harass e scoutar o mapa, o Rod of Necromancy pode ser considerado um dos melhores itens  consumíveis do jogo. Ele oferece muita versatilidade. Você deve usá-lo em todos os match-ups e com frequência.
  • Base Fortificada. Uma base de Mortos-vivos com um bom Layout é quase impenetrável para o inimigo em Warcraft 3. Os trabalhadores estão escondidos atrás da base, o Slow que sua Necropolis e Nerubian Towers causa faz com que as batalhas na base sejam especialmente benéficas para ele mesmo.
  • Timing attacks poderosos. Com os Mortos-vivos você alcançará power-spike muito fortes. Você pode usar seus Power-spikes para causar ataques devastadores contra o seu oponente se, é claro, tiver um bom scout e uma boa análise de composição.
  • Os mortos-vivos não são uma raça com muita flexibilidade em Warcraft 3. Eles não têm estilos de criativos e inovadores, mas têm uma tonelada de espaço para o refinamento. Se você for bom, você pode ganhar uma quantia incrível de lutas que, no papel, você não teria que vencer. Um jogador habilidoso de Morto-vivo pode fazer a mesma estratégia em todo o jogo e continuar vencendo.
  • Sustain fraco. Até que você chegue ao Tier 2 e consiga Obsidian Statues, você não tem muito Sustain. A Tomb of Relics não contém Clarity Potions para recuperação de mana, nem os itens de cura como Regeneration Scrolls ou Healing Salve. Além disso, suas unidades não têm regeneração natural de vida, exceto quando estão de pé na Blight. Mesmo no Late Game, quando você tem Obsidian Statues, seu sustain pode ser abaixo do esperado, pois ainda não se compara aos Priests dos Humanos, Healing Wave dos Orcs ou Moon Wells dos Elfos da Noite.
  • Stuns Limitados. Um dos elementos-chave de uma composição de exército são Stuns ou habilidades de controle de movimento. Orcs tem Ensnare e Hex, humanos têm Slow e Storm Bolt e Elfos da Noite possuem Entangle e Slow Poison. Os Mortos-vivos apenas possuem a Frost Nova do Lich, que é um efeito de lentidão bom, mas não se compara com as outras. Os Mortos-vivos possuem até outros métodos de Stun, mas eles não são realmente usados por várias razões que nós iremos ver depois.
  • Raça dependente de Tier 3. Os Mortos-vivos são a única raça de Warcraft 3 que não tem efeitos de Dispel antes do Tier 3, quando finalmente eles podem recrutar Destroyers. Os efeitos de Dispel são vitais em muitas ocasiões, existem muitas estratégias que necessitam de buffs ou debuffs para funcionar. Outra razão pelo qual o Tier 3 é tão importante é o Orb of Corruption. Mesmo ela tendo sido nerfada recentemente ainda é uma adição importante ao exército dos Mortos-vivos.
  • Ruim em Expandir. Embora a Blizzard tenha feito alterações no 1.30 para que a expansão seja mais fácil para os Mortos-vivos, eles ainda são considerados a PIOR raça para fazer expansão e existem várias razões pela qual isto é um fato. Os mais importantes são:
    • Seus trabalhadores não podem se esconder de Harass, como os Orcs e Elfos da Noite, e isso pode lhe custar caro.
    • Enquanto a Haunted Gold Mine não custa muito, muitas vezes você vai precisar de uma Necropolis para substituir seus trabalhadores perdidos, e você também vai poder se teletransportar para sua expansão.
    • É necessário uma defesa estática em todo tipo de expansão, da qual a dos Mortos-vivos é a mais cara, tanto em tempo quanto em recursos.

Unidades

Acolyte: os Acolytes são os trabalhadores-base dos Mortos-vivos em Warcraft 3, podendo construir edifícios e coletar ouro. Com o patch 1.30, os Acolytes conseguiram alguns buffs. Sua velocidade de movimento, pontos de vida, regeneração de vida e armadura aumentaram. Tanto que a Blizzard decidiu diminuir um pouco da velocidade de movimento que havia dado anteriormente.

Isso melhora o potencial de Scout dos Acolytes e os torna menos vulneráveis a Harass. Antes do patch, o modo principal do Humano derrotar o Morto-vivo era usar seu Archmage e Footmans para matar os Acolytes. Se o Morto-vivo perdesse um número significativo de Acolytes ele estaria em maus lençóis. Agora, com o 1.30, isso é raramente o caso — no entanto, o aumento da velocidade de movimento fez com que os humanos terem dificuldades para fazer Harass, contanto, é claro, que o Morto-vivo faça o micro de forma eficiente.

 

Ghoul: Ghoul é a unidade básica de Tier 1 dos Undeads. Pelo seu custo baixo, eles têm uma alta taxa de DPS. Especialmente no Tier 3, quando você pode obter o upgrade Ghoul Frenzy.

Ghouls são, no entanto, frágeis. Tanto que os Mortos-vivos quase não os usam como unidade de combate. Eles também servem como os coletores de madeira dos Mortos-vivos.

Contra Elfos da Noite, aberturas com Ghouls foram meta diversas vezes, e ainda é possível usar vários ghouls para punir inimigos que tentam estratégias gananciosas logo no início ainda pode funcionar.

Crypt Fiend: Crypt Fiend pode ser considerada a unidade principal do exército dos Mortos-vivos. Simplesmente são uma ótima unidade: possuem um bom DPS e ainda tem capacidade anti-aérea com sua habilidade Web.

Apesar do dano ser alto, os Crypt Fiends tem uma velocidade de ataque muito reduzida. Portanto, quando eles estão sendo atacados durante uma batalha, você se beneficia muito com a mecânica de “Kitting Back” — o que significa que você deve atacar, então recuar um pouco, atacar novamente e voltar a recuar, repetindo isso diversas vezes.

Gargoyles: falando em jogos profissionais, as Gargoyles quase nunca são vistas. Raramente às vezes você vê uma única Gargoyle construída para matar aquele Zeppelin chato, mas é só isso.

Contra unidades terrestres, elas simplesmente não causam dano suficiente em comparação com a rapidez com que morrem. No passado, era comum usá-los contra os Elfos da Noite, mas o conjunto de mapas mudou para ser menos favorável para eles, e com os jogadores do Elfos da Noite tendo aprendido a lidar melhor com eles.

Abomination: as abominations são o escudo dos Mortos-Vivos.

Eles não trazem muito à mesa em comparação com outras unidades da linha de frente em Warcraft 3, como Raiders, Druids of the Claw e Spell Breakers. Mas, mesmo assim, ter uma linha de frente é sempre útil.

Se você, por exemplo, estiver jogando contra Riflemans ou Dryads em massa, as Abominations são muito úteis.

Meat Wagon: Meat Wagon pode ser consideradas uma arma de cerco bastante fraca em Warcraft 3.

No modo de jogo “normal” 1×1, os Mortos-vivos mal precisam usá-las. Mas se o oponente estiver montando muitas torres em sua base, então os Meat Wagons definitivamente podem lhe ajudar.

De um modo geral, é bom ter uma arma de cerco à sua disposição.

Obsidian Statue: Obsidian Statues são a principal fonte de sustain e recuperação de vida dos Mortos-Vivos.

Lentamente e constantemente, eles curam a vida e a mana de seu exército.

Por conta própria, eles quase não causam dano, então tente mantê-los seguros em sua linha de trás para que o adversário não consiga chegar até eles.

Destroyer: Destroyers são a unidade imune a magia dos Mortos-Vivos.

Eles são a unidade que também lhes dá Dispel através de sua habilidade Devour Magic. Embora isso seja verdade, seu propósito se estende muito além disso. Suas estatísticas base não são tão impressionantes a primeira vista, mas como ele pode voar, pode ser muito difícil de se lidar.

Quando eles têm mana, eles amplificam seu ataque com Orb of Annihilation, que aumenta seu dano em 15 e causa um dano em área envolta do alvo. Eles começam com 0 de Mana. Destroyers perdem mana conforme o tempo avança, por isso certifique-se de usá-la com cautela.

Necromancer: Necromancers são a unidade mais icônica dos Mortos-Vivos. São amados por muitos especialmente os iniciantes em Warcraft 3.

Em termos de viabilidade, a unidade é bastante carente, no entanto, há tantas razões pelas quais um artigo inteiro poderia ser facilmente escrito para esta unidade. Por enquanto, vou resumir e dar algumas dicas. Eles exigem muita Mana, são extremamente vulneráveis a Dispel e não tem impacto imediato no jogo.

Anteriormente mencionei que os Mortos-vivos têm ferramentas de controle de grupo, mesmo que não tão fortes, e o Necromancer é uma dessas ferramentas. Sua habilidade Cripple é a melhor coisa do Necromancer. Mas mesmo em um mundo perfeito, onde você consegue seu Necromancer a nível Master, o feitiço não seria dissipado, pois sua única vantagem o Cripple ainda é passivo de Dispel.

Banshee: costumo me referir a Banshees como uma unidade perfeita que ainda se encaixa em composições fortes. Fazendo uma analogia: sorvete por si só é bom, mas a cobertura irá torná-lo mais gostoso ainda. Isso são as Banshees.

Elas são jogadas em 3 das 4 match-ups por duas razões diferentes. Contra orcs, Curse é um ótimo feitiço. Mais especificamente contra o Blademaster, que é a principal fonte de DPS. Se você puder reduzir o dano dele em 33%, irá reduzir toda a força do orc em 33%. Contra outros Mortos-vivos e Humanos, as Banshees são usadas pela sua habilidade Anti-magic Shell, que dá a uma unidade sua um escudo anti-magia, o que é extremamente forte contra os Heróis do Humano e do próprio Morto-vivo.

Shade: Shade é um dos melhores batedores do jogo e, como o Scouting é extremamente importante, isso faz com que o Shade seja uma boa unidade em Warcraft 3.

Em jogos mais curtos, você estará satisfeito com o uso de Skeletons para o Scouting, já que o Shade é uma que você precisa investir bastante recurso para conseguir fazê-los.

Irei tocar no assunto do Scouting em outro artigo, e lá falarei melhor sobre os Shades.

Frost Wyrm: as Frost Wyrms são grandes dragões que causam um grande impacto nos seus ataques e que oferecem Slow.

Elas são, no entanto, unidades muito caras e demoram muito para você conseguir produzi-las. Como as Frost Wyrms são algo que você raramente pode pagar, ela é somente usada em circunstâncias específicas. No jogo profissional, nós só vemos essa unidade contra os Elfos da Noite, pois elas podem derrotar vários Druids of the Claw em pequenas quantidades.

Heróis

Death Knight: Death Knight é, de longe, o herói mais comum dos Mortos-vivos. Isso se deve as suas duas habilidades; Death Coil, e Unholy Aura.

Death Coil permite curar suas próprias unidades, e matar unidades inimigas. Esse tipo de versatilidade muitas vezes pode ser subestimado. Unholy Aura é uma das melhores auras do jogo e especialmente a favor dos Mortos-vivos. Graças a falta de regeneração de vida no início do jogo, ter um herói que tenha certa regeneração é uma boa escolha. A velocidade de movimento que a aura trás também ajuda aberturas com vários Ghouls e permite ser agressivo no início de jogo, isso faz com que seja fácil cercar unidades inimigas.

Os Crypt Fiends também adoram a aura do Death Knight graças a sua necessidade de Kiting Back. A aura ajudará a ir mais longe e manter sempre a distância para não tomarem foco das unidades inimigas. Pode parecer uma coisa pequena, mas, sem dúvida, isso pode ser muito forte em ocasiões certas.

A última habilidade do Death Knight, Animate Dead, não é algo tão decente assim. Tanto que normalmente os jogadores mais experientes tendem a ir para Unholy Aura level 3.

Lich: o Lich é usado principalmente como o segundo Herói. Ele é muito bom para acompanhar o Death Knight.

O Lich é um herói a distância com habilidades poderosas de cooldown baixo. E ele pode ser alvo do Death Coil do Death Knight, sendo muito difícil de ser morto caso bem micrado. O Lich também possui uma velocidade de ataque bastante alta, possibilitando-o de utilizar a Orb of Corruption de maneira muito adequada durante as batalhas.

Às vezes também vemos o Lich como primeiro herói — isso na match-up contra outro Morto-vivo. Essa estratégia visa criar vantagem rapidamente, seja cercando o inimigo com Ghouls ou usando Crypt Fiends e Frost Nova para liquidar as unidades inimigas. Ou até mesmo fazendo Harass nos acolytes.

Dreadlord: quando Dreadlord é escolhido como o herói inicial, você pode traçar um paralelo com o Lich como herói inicial.

Usando Sleep e Ghouls, você pode cercar os inimigos e matá-los um por um. Com o Dreadlord de primeiro herói, você terá um jogo muito forte logo no início, então tente se beneficiar disso fazendo uma expansão ou atrasando a tecnologia do inimigo. Apesar de ser uma estratégia muito legal, não vemos isso em jogos profissionais. A razão é que bons jogadores vão micrar para counterar o Sleep e então você terá dificuldade em enfrentar um oponente experiente.

O Dreadlord também é usado como terceiro herói contra orc como uma alternativa a Dark Ranger ou ao Pit Lord. O objetivo é usar o Sleep para tirar o Blademaster da luta. Às vezes, você verá o Blademaster indo sozinho na parte de trás do seu exército para matar suas Obsidian Statues ou seu Lich. Se você usar Sleep nele, o inimigo terá dificuldade em cancelar o Sleep, e o Blademaster será mantido fora da luta.

Crypt Lord: o Crypt Lord não é um herói muito bom e encontrar algum lugar para ele é difícil. Mas todos os heróis de Warcraft 3 têm situações em que eles funcionam bem.

Crypt Lord encontra seu lugar contra os Humanos no Tier 2 pois são úteis contra Riflemans e Magos. Como os humanos não terão nenhuma linha de frente, você poderá usar sua habilidade Impale, que pausa o DPS do inimigo por algum tempo. Explicar exatamente por que o Crypt Lord não é um bom herói e só tem uma única funcionalidade é um pouco complicado e eu teria de entrar para explicar profundamente. Portanto, vou salvar isso para um outro artigo.

Match-ups

Warcraft 3 Humanos

Mortos-vivos vs. humanos. Esta match-up é sobre timing attacks. Seja seu ou do jogador Humano.

Se ele está tentando expandir, você deve fazer harass contra ele para atrasá-lo o máximo possível. Enquanto isso, você quer alcançar o Tier 3 também.

Lembre-se que Guard Towers são muito fortes, então os Destroyers com seu dano mágico serão bem úteis contra elas. Porém, se em vez disso o Humano quiser tirar Riflemans de uma base, é você quem deve ter cuidado contra ataques.

Seu plano no início do jogo deve ser sempre incomodar. Simplesmente porque ele pode fazer creeps com muita eficiência usando a Milícia e Water Elementals. Você quer interromper isso. Assim que ele começar a fazer Riflemans e conseguir o Mountain King, ele ficará mais forte que você por algum tempo. Aqui, você deve recuar e tentar fazer alguns campos seguros de creeps para você.

Você só poderá lutar novamente quando tiver alcançado seu exército principal.

Warcraft 3 Orcs

Mortos-vivos vs orcs. Essa match-up de Warcraft 3 depende muito de seus heróis. Então, para dar a eles melhores chances de vencer o jogo, você quer colocar uma ênfase em upar seus níveis.

Neste confronto, você também quer obter uma composição perfeita de Crypt Fiends, Obsidian Statues e Destroyers. Mas, ao contrário, da match-up contra os Humanos, o Morto-vivo pode se dar ao luxo de ter uma tecnologia um pouco mais lenta em troca de recrutar mais Crypt Fiends. O seu exército no Late Game deve ter bastante Banshees — é uma ótima maneira de reduzir o DPS dos orcs, graças ao Curse.

O orc irá muitas vezes procurar fazer uma expansão escondida (especialmente se ele começar com Far Seer), então é vital que você se esforce em scoutar com seus Skeletons. Se você cancelar a expansão dos Orcs, você vai atrasá-lo bastante.

Warcraft 3 Night Elf

Mortos-vivos vs Elfos da Noite. Essa Match-up, especialmente, é vencida por um bom controle nas batalhas. Mantendo os Destroyers longe do alcance da Dryad enquanto eles usam o Dispel, usar kitting com seus Crypt Fiends contra os Druids of the Claw e atacar as Dryads com seus Ghouls. Tudo enquanto presta atenção na posição de seus heróis.

Em grandes lutas, você se sentirá como se estivesse fazendo malabarismo com muitas bolas de uma só vez. Esta é a beleza de jogar com os Mortos-vivos. Bem como a ruína de bons jogadores.

Uma abertura de Ghoul pode definitivamente funcionar contra Elfos da Noite e foi mais comum antes do patch 1.30. O Death Knight e sua Unholy Aura como primeiro herói pode invadir o território do inimigo perseguindo seus Whisps e Archers, bem como cercando seu herói. É uma estratégia bem sólida.

Com a atual popularidade do Keeper of the Grove, hesito em recomendar essa abertura. Ela definitivamente pode ainda funcionar mas com o Entangle você pode rapidamente se encontrar perdendo muitos Ghouls sem qualquer compensação real. Uma boa alternativa é jogar com a abertura dos Crypt Fiends com tecnologia rápida, que lhe dá uma base sólida para se segurar até seu exército estiver forte o suficiente para vencer dos Elfos da Noite.

Warcraft 3 Undead

Mortos vivos vs. Morto-vivos. A Match-up espelhada dos Mortos-vivos é um jogo bastante estranho. As duas maneiras mais normais de se jogar é com a abertura de Crypt Fiends rapidamente com os Death Knights, ou com a abertura de Ghouls com o Lich. A última abertura é centrada em torno de harass e matar os Acolytes dos inimigos para atrasar sua tecnologia e economia. Para evitar sofrer grandes perdas, seu oponente terá que jogar bem, e mesmo assim ele pode muito bem perder bastante unidades. Com buffs para Acolytes, essa estratégia ficou um pouco mais difícil de ser realizada, mas eu pessoalmente gosto muito dela, então eu encorajo-os a pelo menos tentar.

A outra abertura mencionada é com os Fiends rápidos. Como Crypt Fiends são mais fortes enquanto o jogo avança em comparação com Ghouls, você pode se beneficiar muito em fazer muitos desde o início do jogo. Com esta estratégia, você estará mais confortável para creepar e lentamente assumir o controle do jogo.

Em ambas as estratégias você geralmente acaba com a mesma combinação de três heróis: provavelmente Lich, Death Knight e Dark Ranger. Este último, Dark Ranger, é um herói desejado toda vez que você puder impedir o inimigo de usar suas habilidades por conta do Silence. Você poderá evitar Death Coils e, assim, matar unidades que seriam curadas por aquela habilidade, como Crypt Fiends, Abominations e Destroyers , ou até mesmo os heróis.

Conclusão

Como mencionei, o morto-vivo tem várias builds de abertura viáveis em Warcraft 3. As ordens de criação são um pouco difíceis de explicar corretamente com o texto, então, vou colocar o vídeo do jogador Rezzel, a qual ajuda bastante.

Bom, eu tentei ao máximo dar informações viáveis para os Undead. Eu gosto muito desta raça e é a minha preferida em Warcraft 3 junto com os meus heróis preferidos. Especialmente a Sylvanas que, apesar de não ser um herói dos mortos-vivos ela é ainda muito viável com a raça.

Sem mais delongas, espero que tenham um boa leitura. Boa sorte em sua jornada sombria além das margens do Styx!

Agradecimentos especiais ao RehcraM por ter autorizado a tradução do artigo.

Fique ligado na seção de artigos para mais materiais teóricos sobre o cenário competitivo de Warcraft 3!

Streamer, Leitor e Viciado em videogames desde que se conhece por gente.
Artigos criados 11

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.